O que é dropshipping: tudo que você precisa saber

Você já ouviu falar em dropshipping? Conhece alguém que trabalha com isso?

O dropshipping nada mais é do que um método de vendas no qual o vendedor não mantém nenhum produto em estoque.

Ou seja, o dono da loja virtual é um intermediário da compra, aquele que faz o trabalho de marketing e vendas.

Se você quer saber mais sobre como funciona e como montar o seu negócio sem se preocupar com gastos com produtos em estoque, este é o lugar certo.

Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre as vantagens do dropshipping e como ganhar dinheiro com essa modalidade. Continue a leitura!

O que é dropshipping?

Como mencionamos acima, o dropshipping é um modelo de vendas no comércio eletrônico no qual o lojista não mantém nenhum produto em estoque.

Ou seja, é uma espécie de vitrine terceirizada, na qual os consumidores podem efetuar suas compras, porém quem faz a reserva e entrega dos produtos é o fornecedor original.

Imagine que você seja dono de um dropshipping de sapatos. Ali, você vende diversas marcas de calçados.

Ao realizar uma venda, você precisa repassá-la automaticamente para o fornecedor, que fica responsável pelo envio do produto ao cliente.

Dessa maneira, você não manipula o produto, somente recebe uma parcela dos lucros como motivador da compra.

O que significa dropshipping?

O termo dropshipping vem do inglês, a partir da junção de duas palavras: drop (derrubar) e shipping (remessa).

A tradução por si só não explica exatamente o que é, mas já dá indícios do que significa. Dropshipping é definido, então, como estoque na fonte, ou, ainda, livre de remessa.

Sendo assim, esse é um método em que o dono do negócio transfere a responsabilidade de armazenamento, separação e envio das mercadorias ao fornecedor. O lojista fica isento, portanto, dos custos operacionais com estoque e entregas.

Como funciona o dropshipping?

dropshipping mundo

Agora que você já sabe o que é o dropshipping, vamos entender as etapas de seu funcionamento.

Escolha dos produtos e fornecedores

Em primeiro lugar é preciso definir os tipos de produtos que você pretende vender e partir para a seleção dos fornecedores.

Neste momento é importante avaliar tanto os aspectos relacionados às características e qualidade dos produtos, como também o profissionalismo do fornecedor, tanto no que diz respeito às informações sobre o estoque, quanto no cuidado em cumprir com os prazos para o envio.

Oferta e divulgação para o consumidor

Uma vez escolhido os fornecedores, é preciso identificar as quantidades dos produtos que podem ser disponibilizadas.

Para oferecer os produtos ao consumidor, é necessário ter um site de vendas onde ele vai efetivar a compra. Para isso, é importante ter uma plataforma de e-commerce que ajude a colocar sua loja virtual no ar com facilidade.

O trabalho de fazer a divulgação dos produtos e levar o consumidor até a loja é de responsabilidade do administrador da loja.

Conversão em vendas

O cliente navega na loja virtual, seleciona os produtos e finaliza a compra.

Todo o processo acontece em tempo real. Sendo assim, quando um cliente realiza um pedido, este é automaticamente processado pela loja virtual, que envia o pedido para o fornecedor e gera a nota fiscal.

Entrega para o cliente

Após a finalização da compra, o lojista repassa ao fornecedor as informações do pedido. Este, por sua vez, é responsável por separar e embalar a mercadoria e realizar a entrega para o consumidor.

 

Como funciona o lucro no dropshipping?

Para entender qual o seu lucro em um dropshipping, basta calcular a diferença entre o valor mostrado em seu site e o preço que você pagou pelo item. Isso sem esquecer de deduzir, também, as despesas gerais, como a manutenção do site, entre outras.

Como funciona o pagamento no dropshipping?

O pagamento por meio do dropshipping se dá, basicamente, da mesma forma como uma loja online.

Você pode escolher as formas de pagamento, como por exemplo, cartão ou boleto, e então o cliente realiza a compra e escolhe a melhor maneira de concluí-la.

Quais são os riscos do dropshipping?

Assim como acontece em todo negócio, o dropshipping também apresenta alguns riscos.  Isso porque, quando se trabalha com estoques de terceiros, acaba sendo mais difícil ter o controle da operação.

Confira abaixo alguns dos riscos que você pode correr.

Baixa margem de lucro

A baixa margem de lucro é uma das principais desvantagens do dropshipping. Como os ganhos são realizados por meio de comissões e com custo zero para início das operações, sua remuneração por cada produto tende a ser pequena.

Controle de estoque

Como os produtos ficam estocados com os fornecedores, acaba sendo mais difícil identificar quais produtos precisam de reposição ou aqueles que precisam de um esforço maior de vendas para ter saída, por exemplo. Ou seja, controlar o estoque acaba sendo mais difícil para o lojista.

Desse modo, corre-se o risco também de acabar vendendo um produto sem estoque, gerando assim frustração do cliente com a demora na entrega ou até mesmo a necessidade de se cancelar o pedido.

No entanto, esse problema pode ser minimizado por algumas aplicações que sincronizam softwares de estocagem entre fabricante e vendedor.

Erros nas plataformas de dropshipping

Como falamos acima, existem plataformas que sincronizam o seu site com o sistema do fornecedor.

Mas, ainda assim, é possível que haja erro na contagem do fornecedor ou mesmo falhas no sistema. Como você não tem o controle do estoque, fica mais difícil identificar o erro e corrigir em tempo hábil.

E mesmo sem culpa, é você quem deve justificar ao seu cliente que tal item está esgotado.

Problemas com custo de envio

Como a sua loja virtual pode trabalhar com diferentes fornecedores, cada um deles possui suas variações de métodos e custos de envio.

Sendo assim, a depender da localidade, um mesmo produto pode apresentar preços diferentes de transporte. E esse então pode ser um problema caos o cliente perceba.

Problemas com demora no envio

Tendo em vista que o envio não é realizado por você, mas sim pelo seu fornecedor, é possível que haja problemas com a demora no envio.

E isso pode deixar o seu cliente insatisfeito com a sua loja, pois foi através dela que ele efetuou a compra.

Por isso é importante escolher bem os seus fornecedores, levando em conta não apenas o lucro que você terá ao vender os seus produtos, mas também a rapidez e agilidade na entrega.

Conclusão

dropshipping mulher celular

Neste artigo, você entendeu um pouco mais sobre o que é o dropshipping e como ganhar dinheiro com essa modalidade de venda que não requer altos gastos com custos estruturais.

Assim como em qualquer negócio, é preciso ficar atento não apenas para as vantagens, mas também para os riscos que você pode correr, uma vez que a venda e a entrega não dependem apenas do seu esforço.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Se ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo!

E lembre-se que na BigShop você pode abrir a sua loja virtual de forma prática, rápida e segura.

Com mais de 10 anos de experiência em vendas on-line, reunimos know-how, recursos técnicos e os profissionais ideais para desenvolver seu e-commerce e sistemas de venda, com a estética extremamente apurada, tecnologia de ponta e grande otimização.

Caso tenha interesse em ter o seu próprio negócio, seja ele uma loja virtual ou marketplace, entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *