Plano de Marketing: como fazer para a sua empresa?

A definição das ações para captar e fidelizar clientes, e também para estabelecer de forma positiva a sua marca no mercado representa um dos maiores desafios das empresas na atualidade.

O plano de marketing é essencial para que as estratégias sejam assertivas, principalmente no meio digital, campo que ganha cada dia mais projeção e peso nos resultados empresariais.

Foi-se a época em que o marketing  poderia ser considerado apenas uma ferramenta de suporte ao setor de vendas. Nos dias de hoje, toda empresa que deseja expandir sua participação no mercado deve investir em um plano de marketing que envolva todos os processos do seu empreendimento.

O plano de marketing é o mapa da mina que levará ao crescimento esperado. E, para que você possa entender como fazer um plano de marketing para a sua empresa, preparamos este artigo. Confira!

O que é um plano de marketing e para que serve?

Plano de marketing pode ser definido como um conjunto planejado de ações de marketing a serem executadas por uma empresa, com o intuito de alcançar um objetivo específico.

Esse conjunto planejado de ações pode se destinar a algum produto, serviço ou à marca da empresa como um todo. Com base nesse plano, os líderes guiam suas ações de forma estratégica.

Assim, o plano de marketing se estabelece como uma ferramenta de gestão que possibilita que a empresa se mantenha competitiva no seu mercado.

Qual a importância de um plano de marketing?

plano de marketing pessoa segurando celular e anotando

O plano de Marketing representa o posicionamento da empresa, já que é feito de acordo com os objetivos e a visão, missão e valores dela.

Com ele, é possível acompanhar todas as ações de marketing da empresa. Isso facilita caso correções e mudanças sejam necessárias. Além disso, ajuda a fazer ajustes em tempo hábil para que as ações de marketing alcancem o objetivo esperado.

Como no plano de marketing todas as estratégias adotadas pela empresa são registradas, independente de terem sido positivas ou não, a empresa acaba por criar um banco de dados com o histórico das ações realizadas, o que pode contribuir para alguma tomada de decisão futura.

Ferramenta essencial de gestão, o plano de marketing deve ser utilizado e atualizado regularmente. Isso porque ele possibilita uma análise do mercado, identificando tendências e impulsionando a adaptação da empresa às constantes mudanças.

Com ele, além de estipular resultados a se alcançar, o gestor formula as ações mais eficazes para conquistá-los.

Como elaborar um plano de marketing?

plano de marketing em uma reunião

O primeiro passo para elaborar um plano de marketing é avaliar com sinceridade e pragmatismo o lugar que sua empresa ocupa atualmente e definir onde ela quer chegar.

Para isso, alguns exercícios são importantes, como: analisar o mercado de atuação da empresa, estipular suas metas, definir o público-alvo, listar as ações a serem executadas para chegar aos objetivos, entre outros.

Analise o ambiente

Observe os fatores externos e internos e avalie quais são os que podem influenciar, positiva ou negativamente, a sua empresa.

Uma das principais ferramentas utilizadas pelos administradores para esse quesito é a Matriz SWOT. Em português esse instrumento é denominado pela sigla FOFA, que é um acrônimo para/. Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças.

Com base nesses quatro pontos, analise sua posição no mercado e a posição dos seus concorrentes principais.

Defina o público-alvo

Esse passo é fundamental para o plano de marketing: definir o público-alvo. Para divulgar seus produtos ou serviços você precisa saber com precisão quem é o seu público, de maneira que possa direcionar corretamente as ações de comunicação e relacionamento.

Além de definir o público-alvo, detalhar as características da sua persona faz toda a diferença no processo de construção do plano de marketing.

Como a persona é, por definição, um personagem semifictício que representa o cliente ideal de um negócio, ao definir uma ou mais personas do seu empreendimento você conseguirá direcionar uma pesquisa eficaz, que reúna informações relevantes a respeito do público-alvo, ais como: idade, estado civil, sexo, profissão, faixa de salário, hábitos, religião, entre outros dados.

Ao conseguir reunir o máximo de detalhes, será possível direcionar com precisão a divulgação dos serviços e produtos.

Defina o posicionamento de mercado

Segundo Philip Kotler, um dos maiores especialistas da área de Marketing, o posicionamento de mercado é “a ação de projetar o produto e a imagem da organização com o fim de ocupar uma posição diferenciada na escolha de seu público-alvo”.

O posicionamento de mercado define a forma como os consumidores enxergam sua marca. Por isso, essa etapa do plano de marketing precisa ser trabalhada de forma estratégica, para que o seu negócio conquiste espaço no mercado e se consolide como referência no segmento.

Do ponto de vista estratégico, posicionar seu negócio no mercado leva em conta dois pontos: segmentação e diferenciação.

A segmentação diz respeito à escolha de um nicho específico do seu mercado. Por exemplo: no mercado de vestuário, um nicho pode ser o de roupas de bebês.

A diferenciação diz respeito aos diferenciais competitivos da empresa, como: exclusividade de algum produto ou serviço, acessibilidade, benefícios agregados etc.

Defina os objetivos e metas

Os objetivos e metas do empreendimento precisam estar definidos para que se possa iniciar a execução do plano de marketing.

Com base nesses critérios, os gestores estabelecem um norte para que toda a equipe direcione suas ações.

Alguns objetivos e metas mais comuns são: transformar a empresa em autoridade no seu mercado de atuação; aumentar a quantidade de visitantes no site da empresa; aumentar a presença da marca nos sites relevantes para divulgar os produtos, entre outros.

Defina as estratégias de marketing

Após seguir os passos anteriores, é provável que você tenha informações suficientes para definir as estratégias de marketing da sua empresa. E agora é a hora de colocar no papel as ações que serão necessárias para alcançar o público-alvo.

Inicie definindo um objetivo geral, como: ocupar uma posição na primeira página do Google, aumentar o faturamento em X vezes durante o período Y.

Em seguida, após estipular os objetivos amplos, desenvolva metas que possam levar sua empresa à concretização deles. Por exemplo: criar uma ação de e-mail marketing, criar um site de vendas, desenvolver uma campanha em determinada rede social, etc.

Na sequência, foque nos detalhes de cada meta e coloque sua equipe em ação. Por exemplo: para lançar um site de vendas, é necessário criar e registrar um domínio, escolher a plataforma que abrigará o site, desenvolver um layout, produzir conteúdos, entre outras tarefas.

Tenha um cronograma

Criar um cronograma de tarefas é uma das chaves do sucessos de qualquer plano de marketing. Essa ferramenta de organização fornece um panorama das ações a se executar, ajudando também a não esquecer ou postergar nenhuma delas.

A equipe de trabalho se sente mais motivada quando trabalha com base em um cronograma, com ações bem definidas. Isso gera envolvimento, engajamento e evita cobranças em excesso por parte dos líderes, já que todos já saberão, por meio do cronograma, o quê e quando precisa ser feito.

Analise os concorrentes

A análise dos concorrentes no mercado ajudará  você a identificar quais os valores, comportamentos e símbolos que sua marca deve enfatizar para se destacar no mercado.

Mapear sua concorrência contribuirá para a construção do diferencial da sua empresa, para alcançar um lugar exclusivo na mente dos consumidores.

Essa análise pode ser feita por meio de pesquisas qualitativas e quantitativas que apontem dados como: quem são seus concorrentes, quantos são, onde está seu ponto de atuação, como eles agem, quais suas qualidades, em quais pontos são inferiores à sua empresa etc.

Tenha um plano de ação

A pergunta que paira na cabeça de todo empreendedor é: “Como vou divulgar minha empresa e meu produtos/serviços?”. E, em resposta a esse questionamento está o plano de ação.

No plano de ação estarão estipuladas todas as atividades a se executar para que a sua estratégia de divulgação alcance o público-alvo. É importante criar uma lista de ações de marketing de acordo com os objetivos e metas da empresa para curto, médio e longo prazo, para que sejam colocadas em prática de forma assertiva.

Para alcançar o objetivo final, o mix de marketing deve guiar essas ações.

Mix de Marketing

O mix de marketing é um conjunto de elementos para impulsionar o desejo de compra do público-alvo. Baseado nos 4Ps do marketing, o mix leva em conta: produto, preço, praça e promoção.

Sua comunicação precisa deixar bem claro qual ou quais produtos ou serviço sua empresa oferece e apresentar o preço desses itens de forma competitiva.

No quesito promoção, pense de que maneira sua comunicação irá atrair os clientes. E no quesito praça, se pergunte como e onde os consumidores do seu tipo de produto buscam soluções.

Trabalhar com um mix de marketing possibilita cobrir diversas lacunas do processo de divulgação da sua empresa, o que aumentará as chances de sucesso.

Quais são as etapas do plano de marketing?

plano de marketing pesssoas olhando notebook

O plano de marketing é um processo executado por etapas. A primeira delas é o planejamento, seguido pelas etapas de implementação e de avaliação e controle.

Em alguns momentos, o gestor vai sentir a necessidade de mesclar alguns pontos da etapa anterior ou da etapa seguinte ao processo corrente. Isso é natural, visto que o plano de marketing lida com pessoas em todas as pontas do processo e pessoas são dinâmicas.

1ª Etapa: Planejamento

O planejamento é a parte do plano de marketing que estipula desde as metas e objetivos a serem alcançados pela empresa às ações a serem executadas para alcançar esse fim.

Garantir que todos os colaboradores sejam incluídos na etapa de planejamento contribui para que todo o time fique alinhado e determinado a alcançar os resultados necessários.

De acordo com as orientações do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas), a etapa de planejamento é composta por sete fases. São elas:

  1. Sumário executivo;
  2. Análise de ambiente;
  3. Definição do público-alvo;
  4. Definição do posicionamento de mercado;
  5. Definição da marca;
  6. Definição dos objetivos e metas;
  7. Definição das estratégias de marketing.

2ª Etapa: Implementação

A implementação do plano de marketing é a etapa de colocar a mão na massa e aplicar as estratégias que foram definidas anteriormente, no planejamento.

Aplicar os métodos adequados para se comunicar com o público-alvo aumenta as chances de sucesso e de crescimento para a sua marca. Tenha em mãos todos os dados da ação a ser implementada, como: a definição exata da tarefa, quando, como e onde será efetuada, quem vai trabalhar nessa ação e qual o seu custo.

Além de tirar o planejamento do papel, atente-se para fazer dar certo as ações traçadas. Se algum ponto não sai como o esperado, é preciso ajustar as ações. É hora de adequar os trabalhos de acordo com o que também já foi previsto no planejamento como alternativa.

Note que na etapa de implementação, você já inicia também a terceira etapa do plano, que consiste na avaliação. Quando o gestor percebe a necessidade de ajustar o andamento da atividade, a interferência ocorre durante o processo.

3ª Etapa: Avaliação e Controle

A etapa de avaliação e controle tem como base o monitoramento das ações previstas no plano de marketing. Além de acompanhar as ações enquanto são desenvolvidas, esse é o momento de fazer os levantamentos dos resultados alcançados, sejam eles positivos ou não.

Ao mensurar as ações bem sucedidas e aquelas que não apresentaram os resultados esperados, o administrador tem subsídios para otimizar suas estratégias futuras, de forma a alcançar um crescimento previsível e escalável.

Qual o impacto de um plano de marketing para o sucesso de um negócio?

Um plano de marketing otimiza os investimentos na divulgação da marca, serviço ou produto. Essa ferramenta apresenta o “caminho das pedras” para alcançar os objetivos. Ela reúne as ações a se executar, bem como de que forma, por quais meios e quais custos envolvidos. Também é possível saber qual a melhor forma de mensurar os resultados.

Com ações estruturadas em início, meio e fim, um bom plano de marketing pode gerar impactos variados, de acordo com o objetivo ao qual se destina: divulgar produtos e serviços; elevar vendas e faturamento; aumentar a presença e autoridade da marca no mercado; atrair ou fidelizar clientes, entre outros.

Dicas para o seu plano de marketing

plano de marketing luz de ideia

Para fazer um plano de marketing para a sua empresa, você deve cumprir várias etapas já citadas neste texto: definir o objetivo, realizar pesquisa de mercado, estudar o perfil do cliente ideal, traçar estratégias, avaliar a concorrência, entre outras.

Para boa parte dessas etapas, é aconselhável contar com o auxílio de profissionais capacitados da sua equipe ou contratar uma consultoria ou agência especialista em marketing.

Exemplo de plano de marketing

Os planos de marketing têm uma ampla variação no que diz respeito aos seus objetivos e período de efetivação. Para citar um exemplo de plano de marketing, vamos falar hoje de uma marca amplamente conhecida no mercado mundial: a Coca-Cola.

Pensando em uma estratégia de longo prazo, a Coca-Cola lançou há 7 anos um plano de marketing para alcançar resultados no ano de 2020. O objetivo da multinacional era dobrar o consumo da bebida até 2020.

Em dois vídeos, o vice-presidente de Estratégia de Publicidade Global e Excelência Criativa da The Coca-Cola Company, Jonathan Mildenhall, explica a metodologia adotada pela empresa para alcançar seu objetivo.

Segundo o gestor, a Coca-Cola criou uma estratégia para agregar valor à vida das pessoas, aproveitando as oportunidades que surgiam no início da década passada, em que seu público migrava para um novo cenário de consumo de mídia.

Com a premissa de que cada ponto de contato com um cliente deve contar uma história emocional, a Coca-Cola transformou sua narrativa unidirecional em uma narrativa interativa e dinâmica com os clientes.

Conclusão

pessoas fazendo plano de marketing

Fazer um plano de marketing para a sua empresa é como traçar um mapa para direcionar as ações corretas para a divulgação da sua marca ou produto. Conhecendo o caminho a percorrer, fica mais fácil alcançar os objetivos e metas da empresa.

Avaliar o negócio, bem como os riscos e oportunidades do mercado e traçar o perfil do seu cliente ideal são passos imprescindíveis para o desenvolvimento das estratégias de marketing que vão aumentar as vendas e a satisfação dos clientes.

Seguindo as dicas deste artigo você poderá criar um plano de marketing efetivo, que, se aplicado corretamente, contribuirá para o sucesso do seu negócio.

Caso precise de auxílio para esse processo, entre em contato com a BigShop. A equipe conta com os melhores especialistas em e-commerce e vendas on-line para oferecer a solução ideal para o seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *