Previsão de demanda: o que é, métodos e importância para seu e-commerce

Se você é uma pessoa que tem próprio negócio ou pretende empreender, com certeza já ouviu falar sobre a previsão de demanda de uma empresa.

No entanto, você sabia que ela é fundamental para o planejamento e controle da produção e para a gestão de estoque?

E essa projeção da demanda é feita com base na análise de dados históricos e fatores financeiros, econômicos e mercadológicos.

Quer saber mais sobre como fazer a previsão de demanda e como ela impacta no seu negócio ? Então continue a leitura!

O que é previsão de demanda?

De modo geral, a previsão de demanda é um processo do planejamento organizacional que tem como objetivo prever como será o futuro da empresa, no que diz respeito às demandas. Assim, os gestores podem tomar decisões precisas sobre preços, potencial de mercado e possibilidade de expansão.

Ou seja, impacta diretamente a área produtiva da empresa, já que leva em conta as vendas dos produtos ou serviços da empresa com base nos requisitos do cliente.

A previsão de demanda evita que a empresa tenha desperdícios que prejudicam a sua lucratividade.

Entre as vantagens de se fazer um prognóstico da demanda estão:

  • Avaliar a viabilidade de entrar em um novo mercado;
  • Planejar o orçamento da produção;
  • Analisar a necessidade de mão de obra adicional;
  • Fazer o orçamento de matéria-prima e ações de marketing;
  • Fazer previsões financeiras;
  • Evitar a subprodução ou a superprodução.

Para que serve a previsão de demanda?

A previsão de demanda serve para que a empresa consiga saber qual será a procura dos consumidores pelos seus produtos no futuro. Com isso, evita-se que sobre ou faltem produtos para os revendedores, estoque ou canais de vendas.

A previsão de demanda é importante para orientar as necessidades de produção da empresa, permitindo que ela seja o mais próxima possível da realidade. Assim, evita o excesso ou insuficiência de produção.

Na maioria das vezes, as empresas têm a necessidade de identificar qual será a demanda futura por seus produtos ou serviços, pois para operar, elas precisam adquirir insumos (mão de obra e matéria-prima).

Para que seja realmente útil, é necessário que ela forneça ao gestor informações como quando, onde e em qual quantidade os produtos serão requisitados pelos consumidores.

Como fazer previsão de demanda

pessoas em reunião previsão de demanda

Apesar das variações de método dependendo das características de cada negócio, é importante observar algumas etapas para fazer a previsão de demanda. A seguir listamos os principais passos que você precisa saber para planejar e realizar essa tarefa.

Especificação dos objetivos

Em suma, os objetivos da previsão de demanda devem ser definidos em termos de longo, médio ou curto prazo. Em casos de pequenas empresas, em geral se começa pelo curto prazo, que pode ser de três meses a um ano.

Outro ponto a ser contemplado na definição dos objetivos é se a previsão de demanda envolverá todo ou apenas determinado segmento de um mercado.

Os objetivos são imprescindíveis para que o processo de previsão tenha início, bem como para a definição da perspectiva de tempo necessário para que sejam alcançados.

Escolha do método

Depois de especificar os objetivos, é hora de escolher o método para executar a previsão. Existem duas maneiras principais de se fazer isso:

  • Métodos qualitativos: é um tipo de abordagem mais subjetiva, em que se faz previsões baseadas em  na intuição e visão de mercado de pessoas que têm experiência e conhecimentos sobre o negócio. Ou ainda, pode-se realizar levantamentos e pesquisas de opinião junto a vendedores e consumidores, além de consultas pontuais ao público-alvo. Geralmente, os métodos qualitativos são utilizados quando não há dados recolhidos de períodos anteriores ou eles não são suficientes.
  • Métodos quantitativos: utilizam dados e informações do histórico de vendas da empresa a partir de análises e equações estatísticas. Observa-se padrões de comportamento do passado para se projetar tendências e prever a possível demanda. Os métodos qualitativos em geral são mais assertivos e podem tomar como base dias da semana, meses e até anos.

Coleta de dados

Uma vez selecionado o método mais adequado, é o momento de coletar os dados necessários, que podem ser primários (informações que nunca foram coletadas antes) ou secundários (dados que já se encontram disponíveis).

Estimativa e interpretação de resultados

O último passo é estimar a demanda pelo período predefinido, com base na interpretação dos resultados.

Como melhorar a previsão de demanda?

pessoas analisando gráfico previsão de demanda

Para melhorar a previsão de demanda e evitar, por exemplo, que falte um produto muito procurado pelos clientes, o que pode comprometer a imagem do seu negócio e fazer o seu faturamento cair, é fundamental:

  • Definir os objetivos: as metas precisam ser possíveis e realizáveis, definidas em curto, médio e longo prazo;
  • Determinar o horizonte de tempo: estabelecer o tempo para qual a demanda será prevista;
  • Modelo de previsão a ser adotado: escolher entre o método de pesquisa (qualitativo) ou o método estatístico (quantitativo);
  • Coleta de dados: que podem ser primários (as informações que não foram coletadas antes) ou secundários (são aqueles que já foram coletados e que se encontram disponíveis);
  • Estimativa dos resultados: previsão da demanda por um determinado período, que deve ser apresentada de forma simples para que os colaboradores as utilizem com facilidade.

Como fazer o cálculo de previsão de demanda?

Existem diversas maneiras de calcular a previsão de demanda. Uma das mais utilizadas é a fórmula da média móvel simples, que calcula a tendência geral de um conjunto de dados.

Para fazer essa análise é preciso levar em conta dois conceitos: o Estoque de Segurança ou Estoque Mínimo (quantidade mínima de matéria-prima ou insumos que a empresa deve dispor ) e o Ponto de Pedido (entender quando é necessário realizar um novo pedido).

A fórmula utilizada para isso é:

Ponto de Pedido = Consumo médio x Tempo de Reposição + Estoque Mínimo.

É importante ressaltar que a automatização de processos para controle do estoque permite uma melhor projeção da demanda e redução dos custos.

Outra maneira de fazer a previsão de demanda é por meio de softwares que emitem relatórios e gráficos de projeção a partir do recolhimento de informações de vendas. Muitas vezes, eles também podem ser integrados a outros sistemas de gestão, bem como a plataformas de e-commerce.

Conclusão

pessoas fazendo previsão de demanda

Ao longo do texto ficou claro que a Previsão de Demanda proporciona às empresas informações muito valiosas sobre os mercados em que operam, mas também sobre os mercados-alvo.

Para conseguir estimar como será a venda de um produto ou serviço é preciso analisar tanto os fatores internos, como financeiro e orçamentário, quanto fatores externos, que também exercem influência no negócio.

Esperamos que este artigo sobre previsão de demanda tenha sido útil a você e seu negócio, a fim de evitar que falte aquele produto que é um sucesso de vendas ou então que o estoque fique lotado de mercadorias com pouca saída.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *