Como começar a vender roupas pela internet: passo a passo

O e-commerce brasileiro foi um dos segmentos em que houve maior crescimento no ano de 2020, principalmente devido às restrições que ocorrem no primeiro trimestre do ano e continuam vigentes em alguns lugares do país. O que levou muitos empreendedores a enxergar a oportunidade de vender roupas pela internet.

Isso acontece, porque dentre os setores que mais cresceram no mercado de e-commerce está a moda. Globalmente, falando, esse segmento gerou 533 bilhões de dólares no período e a estimativa é de que ele valha mais de 870 bilhões de dólares até 2023.

Tanto os grandes varejistas quanto os pequenos negócios tiveram que melhorar seus canais de vendas digitais para continuar lucrando mesmo com as lojas fechadas.

A vantagem maior fica por conta dos novos empreendedores que optaram por arriscar e abrir o negócio online em meio a pandemia. Para a surpresa de muitos deles, o negócio tem sido um sucesso.

Logo, vender roupas pela internet é uma atitude bastante inteligente de quem deseja começar um negócio online. De acordo com pesquisas recentes, esse setor representa quase 21% das vendas de varejo nos Estados Unidos.

Para quem deseja saber como vender roupas pela internet, saiba que essa é uma ótima forma de investimento e, sim, é possível ter lucro.

Afinal, a internet é um espaço onde as pessoas encontram formas diferentes de ganhar dinheiro. Mas a mais popular delas, com certeza é através de lojas virtuais.

Este artigo irá ajudar aqueles que precisam de um pontapé inicial na hora de criar a sua loja online.

Como começar a vender roupas pela internet: passo a passo

mulher com celular e roupas atrás vender roupas pela internet

Como falado anteriormente, o faturamento de lojas online cresceu consideravelmente em 2020. As vendas chegaram a R$ 38,8 bilhões entre janeiro e junho de 2020, contra R$ 26,4 bilhões dos mesmos meses de 2019.

Esse crescimento de faturamento deu-se em praticamente todos os segmentos durante este semestre em relação ao período de 2019. Roupas e calçados alcançaram a marca de 32%, enquanto esportes cresceram 63%.

Em outras palavras, o cenário para essa categoria é muito favorável. Para saber como vender roupas pela internet e ganhar dinheiro online, basta ter espírito empreendedor, foco e também, seguir as dicas desse artigo.

1. Aposte em um nicho

Apesar do segmento de moda ser bastante amplo, é preciso que a estratégia de vendas tenha foco. Dessa forma, é essencial criar uma persona e, assim, desenvolver produtos com base em seu comportamento e hábitos.

Afinal, não dá pra dá para vender roupas querendo atingir todos os públicos – o resultado disso é só conseguir vender para poucas pessoas ou para ninguém.

Isso porque, não dá para focar em estratégias de vendas tão abrangentes. Foque em um nicho de mercado específico, como roupas para grávidas, por exemplo.

Dessa forma a concorrência será bem menor e o empreendedor poderá elaborar campanhas de marketing mais específicas e que atinjam as pessoas certas.

Mas lembre-se que não adianta querer começar como as grandes lojas online, que vendem de tudo, é preciso se diferenciar para que o público veja vantagem em comprar numa loja específica, e a alternativa mais eficaz é chamar a atenção de uma parcela do público, focando em um nicho.

2. Escolha a plataforma de e e-commerce

mulher comprando online vender roupas pela internet

O primeiro passo para vender roupas pela internet é escolher uma plataforma de loja virtual, que vai funcionar tanto para expor as  roupas  como para receber pagamentos, ter um histórico de compra do cliente e para envio de promoções.

Em resumo, uma das formas de alavancar um novo negócio na internet é investir em uma plataforma exclusiva para vendas. Afinal, todas as outras estratégias serão aplicadas com mais eficiência em um canal onde o empreendedor possa atuar de perto na gestão e nas tomadas de decisões.

Por isso, é preciso entender que a plataforma e-commerce é o serviço responsável por hospedar lojas virtuais independente do tamanho.

Essa tecnologia permite que o empreendedor tenha um site profissional para vender roupas pela internet e centralize os dados em um só sistema.

Os benefícios de uma boa plataforma são inúmeros, como mais profissionalismo e segurança, pois ter uma plataforma estruturada vai passar confiança ao consumidor.

Independência ao consumidor que pode fazer compras em qualquer dia e horário. Maior praticidade no processamento de pedidos, uma vez que todas as etapas do processamento do pedido são registradas e as informações são acessíveis e detalhadas.

Facilidade de monitoração de desempenho é outra característica fundamental de uma boa plataforma, pois com essa ferramenta o gestor acompanha de perto o desempenho da empresa sem perder nenhum dado.

3. Defina a logística: estoque e fornecedores

A logística da loja virtual é muito importante para obter sucesso. Afinal, se o cliente estiver insatisfeito, ele abandonará uma loja em favor de outra que o atenda melhor.

Por isso, ter uma logística bem definida é importante para manter sua loja organizada e bem vista pelos consumidores.

Para que isso aconteça é fundamental compreender que a logística não é apenas a entrega do produto sendo feita por um serviço terceirizado. A logística inclui vários outros itens. Dentre eles:

  • Recebimento da mercadoria
  • Armazenamento no estoque
  • Entrega ao cliente
  • Resolução de problemas relacionados à entrega
  • Cálculo do valor do frete
  • Contato com os operadores de logística
  • Se tiver uma frota própria, é fundamental gerenciar a frota

Para evitar inconvenientes é necessário um planejamento adequado da operação da logística, considerando-se principalmente os três aspectos: Gerenciamento dos estoques, Gerenciamento das entregas, Gerenciamento do ciclo de suprimentos.

Um ponto muito importante a ser entendido sobre uma loja virtual é que, diferentemente de uma loja física, ela funciona 24h por dia, 7 dias por semana. Por isso é importante sempre monitorar o nível de estoque, avaliar a demanda e saber o momento exato de fazer novos pedidos aos fornecedores.

A gestão de transporte é outra questão que merece uma atenção especial no planejamento da logística para loja virtual, uma vez que essa é a etapa responsável pelos maiores custos do setor.

Além disso, este setor ainda tem uma participação muito importante para que as entregas ocorram dentro do prazo e em boas condições, fatores de grande peso para a satisfação do cliente.

Já o gerenciamento de ciclos se refere ao gerenciamento de todas as áreas e gastos necessários para manter o funcionamento de um empreendimento sem perder dinheiro.

A logística deve ser considerada estratégica, pois dela pode gerar o sucesso ou o fracasso de um empreendimento, motivo pelo qual deve ser bem planejada, antes mesmo do início das operações.

4. Informe as medidas e outras descrições das peças

A apresentação do produto é um dos pontos fundamentais na hora de vender roupas online. Pois, além de não ver a roupa ao vivo, o consumidor não poderá experimentá-la.

Sendo assim, a apresentação será não só a vitrine, mas o provador de uma loja virtual.

Por isso é necessário descrever a peça. Detalhes como cor, técnicas de pintura ou de costura se forem diferenciais devem estar descritos.

Fotos de qualidade tiradas em modelos são essenciais neste mercado, primeiro que o cliente não pode experimentar e em uma modelo ele terá uma ideia do caimento da roupa. Segundo, porque em uma modelo, por ser algo mais real, suscita a vontade de comprar.

Tirar fotos dos detalhes  da roupa é sempre uma boa estratégia para destacar diferenciais, como bordados ou mesmo as estampas. É uma maneira também de não surpreender o cliente de um jeito ruim.

Se você optar pela compra de roupas importadas (o que é muito comum) é preciso ter atenção às medidas para evitar arrependimentos – e prejuízos.

Outro detalhe importante é ter uma tabela de medidas, assim o cliente não terá dúvidas se a roupa cabe nele ou não, evitando assim trocas e reclamações.

5. Invista em marketing

O investimento em ações de marketing digital para lojas virtuais é uma das principais etapas para o desenvolvimento de uma marca de sucesso, afinal para ser lembrado é preciso ser visto.

O marketing online para lojas virtuais é fundamental para alavancar as vendas. Por isso, é importante que os gestores saibam exatamente por onde começar a atuar nesse segmento.

Existem diversas ações de marketing que podem ser usadas na hora de divulgar um comércio eletrônico.  Essas ações aproximam o  negócio do  público-alvo, evidenciam o  produto ou serviço e contribuem para que a  loja virtual se destaque diante da concorrência.

Dentre as ações de marketing que podem ser usadas para promover uma marca estão:

  • Seo: consiste em otimizar o comércio eletrônico de modo que fique melhor ranqueado em buscadores;
  • Marketing de conteúdo: cria conteúdos relacionados com o produto ou serviço que a loja oferece;
  • Marketing de relacionamento: valoriza as interações do público com a marca;
  • E-mail marketing: proporciona uma comunicação direta com os consumidores da loja virtual.

Ficou claro que existem inúmeras formas para divulgar uma marca. Mas vale lembrar que essas ações devem ser colocadas em prática após uma pesquisa aprofundada e um planejamento específico.

6. Divulgue nas redes sociais

Assim como as ferramentas de marketing, existem inúmeras formas de divulgar uma loja virtual, e as redes sociais são uma dessas opções.

Hoje em dia, estar presente nas redes sociais não é suficiente. É necessário estar ativo e conseguir engajar os clientes.

Com um grande potencial, as redes sociais se destacam na hora de angariar novos clientes, assim como são essenciais para a divulgação das peças e para criar relacionamento com o consumidor.

Por isso, é muito importante ter contas em diferentes redes sociais como Facebook, Instagram e TikTok para a loja virtual e fazer postagens regularmente. As recentes pesquisas já alertaram que muitos clientes chegam até as lojas virtuais através das redes sociais.

Esse método ganha um apelo muito maior tendo em vista que o segmento fashion conta com um forte apelo visual.

Logo, é primordial elaborar uma estratégia para atrair clientes em potencial. Primeiro, defina o tom que será usado em posts e que tipo de conteúdo ele apresentará.

É importante também postar com periodicidade e que o conteúdo seja informativo, criativo e que tenha o perfil da loja. Além disso, é imprescindível, é claro, postar fotos de qualidade.

Em relação à estratégia de negócios,  uma tendência que costuma oferecer bons resultados é fazer parceria com influenciadores digitais. Normalmente, as empresas enviam suas roupas para blogueiras, por exemplo, para que elas publiquem fotos usando-as e descrevendo sobre seus conceitos.

7. Avalie a melhor estratégia

Para vender roupas online, o empreendedor pode tanto criar sua própria loja virtual como fazer parte de um marketplace. Essa é uma decisão bastante pessoal.

A vantagem de ter sua própria loja online é que esse modelo dá ao empreendedor total autonomia frente a seu negócio. Ou seja, a liberdade de interagir e criar relacionamentos nesse modelo são totais. Outro ponto importante é o lucro, que pode ser menor se ele optar em atuar em um marketplace, devido às taxas.

Por outro lado, em um marketplace, a visibilidade que o  negócio pode ganhar é muito superior à de um e-commerce. Além disso, o empresário não precisa se preocupar em investir em publicidade e a maior parte das responsabilidades fica a cargo do próprio marketplace.

Consequentemente cabe ao empreendedor avaliar qual a melhor estratégia para a sua marca. Sabendo exatamente onde iniciar, o segundo passo é organizar a inauguração da loja virtual.

Para isso, é importante que o gestor conte com um bom atendimento e suporte e faça uma pesquisa de satisfação com os primeiros clientes para saber como foi a experiência deles com a marca.

Garanta um pós-venda singular e preparado para atender as dúvidas e demandas dos clientes.

8. Tenha um bom atendimento e suporte

Seja numa loja física ou virtual, o bom atendimento é uma das características mais procuradas pelos consumidores. No entanto, quando o assunto é a loja online, esse ponto precisa ficar ainda mais claro.

Para ter um atendimento eficiente, o serviço prestado precisa ser executado com eficiência. Isso garante a satisfação e a fidelização do cliente. Oferecer uma resposta rápida, ter proatividade no atendimento e optar por ferramentas como chat online são uma das ferramentas que podem ser usadas para um atendimento eficaz.

Outra dica importante para lojas virtuais é nunca responder o cliente em caixa alta, pois na internet, isto é visto como uma maneira grosseira de escrever.

Manter um bom suporte online também é fundamental para a fidelização do consumidor online. Ter canais de contato com clientes é ótimo para esclarecer dúvidas e receber feedbacks.

Se possível, ofereça mais de uma forma de suporte ao cliente. Como, por exemplo, telefone, e-mail, redes sociais e FAQ. Lembrando que quanto mais rápido for o suporte, melhor para a marca.

Assim, o empreendedor evita que o cliente abandone sua loja. Sendo assim, mesmo as dúvidas mais simples precisam ser esclarecidas.

Como ganhar dinheiro vendendo roupas pela internet?

mulher comprando online com cartão vender roupas pela internet

Como citado anteriormente, o setor de moda está em constante crescimento, tanto que ele já conta com o segundo maior volume de pedidos.

São muitas oportunidades para quem deseja ganhar dinheiro vendendo roupas pela internet. Todavia, o cenário favorável no e-commerce também significa concorrência acirrada.

Por isso, é  importante saber exatamente o passo a passo para inaugurar a loja virtual e, em caso de dúvidas, contar com a expertise de empresas que são referência no setor como a Big Bang Shop que atua no setor há mais de 10 anos.

O primeiro passo para ingressar nesse mercado é ter um bom plano de negócios. Para ter um início seguro, o planejamento, sobretudo financeiro, é primordial.

Depois é preciso organizar os investimentos em fornecedores, logística, possível contratação de profissionais, marketing, ferramentas, dentre outros.

Além disso, é preciso considerar alguns acontecimentos inesperados durante o desenvolvimento de um negócio.

Escolher um nicho, apostar em bons fornecedores, conhecer as tendências do segmento são outras características importantes para quem deseja vender roupas online.

Entretanto, para garantir um início de negócio estável e seguro, o empreendedor também pode contar com a experiência de quem entende do assunto.

A Big Bang Shop é uma plataforma de e-commerce totalmente preparada para auxiliar pequenos e grandes empresários. Ou seja, ela atende desde o empreendedor iniciante até aqueles que desejam melhorar sua loja online.

Visando um crescimento em longo prazo, a Big Bang Shop apresenta uma forma descomplicada e eficaz de vendas online, sendo referência em e-commerce no Brasil.

Para quem deseja adentrar o mercado online, a empresa é o suporte que faltava para trilhar um ótimo caminho para começar a vender roupas pela internet.

Os colaboradores da Big Bang Shop contam com especializações na área de tecnologia e marketing, além de oferecer um atendimento exclusivo estudando cada caso e traçando planejamentos de acordo com o perfil de cada marca.

Se você ficou interessado, agende um horário com um dos colaboradores da Big Bang e conheça melhor o universo online.

Conclusão

mulher com sacolas vender roupas pela internet

E caso você ainda não tenha se convencido de que o mercado de vendas online é para você, saiba que a expectativa, segundo o Google, é que o setor dobre o volume de vendas ainda este ano.

Ou seja, o empresário pode ficar tranquilo, pois esse cenário não é algo passageiro e apresenta boas oportunidades de crescimento.

Tanto que até quem já tem muita experiência em loja física ou vendendo de porta em porta está se atualizando para fazer bonito nas vendas online.

Vender para todo o Brasil, reduzir os custos e ter um negócio próprio é apenas algumas das vantagens em ter uma loja online.

E, agora, que você já sabe o passo a passo para começar a vender roupas pela internet, é possível tirar a ideia do papel e colocá-la em prática.

É possível vender roupas femininas, masculinas, adultas ou infantis. Tudo é questão de selecionar corretamente seu público e criar uma estratégia específica para o negócio.

E para quem ainda tem dúvidas ou receio em iniciar uma loja virtual, conte com uma empresa especializada para dar todo respaldo necessário para iniciar a venda de lindas peças no universo online.

Marque um horário com um especialista da Big Bang Shop e crie uma loja com a sua personalidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *